Imagem capa - Minha Evolução na Fotografia Newborn  por Tainá Porto

Minha Evolução na Fotografia Newborn

Olá, o meu nome é Tainá Porto e sou fotógrafa desde 2014.
Conheci o mundo Newborn logo no início do meu curso de fotografia e seguir essa área foi uma escolha natural para mim, tendo cuidado de 4 irmãos pequenos desde muito nova e sendo apaixonada por bebês.

Logo que decidi trilhar essa carreira, eu me especializei com alguns cursos, workshops e mentoria. E como sempre indico, selecionei 10 bebês para fotografar inicialmente antes de começar a cobrar pelo meu trabalho.

Estes ensaios me dariam a experiência necessária para conhecer a área, colocariam em prática todo o conhecimento que aprendi nas especializações, me ajudariam a superar as inseguranças e conhecer os inconvenientes que podem ocorrer durante as sessões, além de me fornecer material e contatos para começar a divulgação do meu trabalho. Acredito que essa primeira experiência sem a pressão de um serviço formal e pago seja indispensável para dar início a carreira, ela com certeza é o marco inicial da minha evolução como fotógrafa.


Nessa época eu não tinha estúdio e trabalhei durante 2 anos somente fazendo os ensaios na casa dos clientes. Foram anos desafiadores, além de estar no começo eu tinha que lidar com a insegurança dos pais, o pouco conhecimento do público sobre a fotografia Newborn, além dos ambientes que não eram apropriados para facilitar os processos dos ensaios. Também me deparava com desafios em cada ensaio para montar todo o equipamento necessário, organizar os acessórios, encontrar a luz ideal, já que trabalhava somente com luz natural. Neste começo a questão do posicionamento correto pesava muito no que eu considerava qualidade de foto, por isso estudava constantemente vendo referências e praticando para conquistar a evolução que eu desejava nessa questão. Na minha visão, visualizar suas dificuldades e pontos a melhorar como uma etapa de aprendizado e não como uma falha são a chave principal para a evolução profissional, o ato de analisar uma, duas, ou mais vezes seu trabalho final com o olhar não crítico, mas analítico dos seus pontos fortes e questões a trabalhar é para mim de extrema importância em tudo que realizamos.


Meu trabalho foi uma evolução constante, a cada ensaio eu me desafiava a melhorar e colocar em prática todo meu conhecimento, olhando para o objetivo de ser uma profissional melhor a cada dia. Não foi fácil, mas foi através de todos esses desafios e dificuldades que encontrei muitas oportunidades para correr atrás dos meus objetivos e sonhos.


Em 2017 eu montei meu primeiro estúdio e foi incrível a sensação de ter um lugar para receber meu clientes, eu valorizei cada detalhe, pois eu sabia como tinha sido desafiador e o quanto eu me dediquei para conquistá-lo. Ainda não era o estúdio dos meus sonhos, mas era uma conquista incrível naquele momento e o reconhecimento de toda a dedicação que eu dava para minha carreira.

Nessa época as questões de posicionamento do bebê, ângulo, ritmo de ensaios, que eram as prioridades de evolução no início da carreira, já estavam bem trabalhadas. É lógico que nós temos que ter a ideia de aprendizado constante em todos os quesitos do nosso trabalho. Mas, sempre temos um foco a aprimorar, a questão maior que nos leva à próxima fase. E a minha dedicação agora, seria em aprimorar a identidade da minha marca e firmar a minha identidade fotográfica, esses eram os pontos para continuar minha evolução.

Então em 2018 eu decidi mudar minha logo com uma nova identidade de marca e reestruturar meu estúdio, modifiquei toda a decoração e o ambiente, para que refletissem o que havia imaginado para essa identidade.

Porém, eu ainda sentia que faltava alguma coisa e que aquele espaço não era tão funcional para mim na questão física mesmo. Vários pontos de crescimento profissional que havia colocado como metas eu havia conseguido conquistar de forma que me deixavam satisfeita. Por isso, o próximo foco de evolução era o espaço físico que suprisse minhas necessidades profissionais e refletisse ainda mais minha identidade, além do aprimoramento contínuo que nunca podemos deixar de lado. Já em 2020 eu havia planejado uma mudança de estúdio, que se iniciou antes da pandemia e eu não imaginava que os desafios da mudança seriam tão grandes. Foram momentos de inseguranças e incertezas, mas em meio a tudo isso resolvi seguir com meus planos, contratei uma arquiteta que desenvolveu todo o projeto do estúdio e as obras iniciaram.

Hoje eu olho para tudo que conquistei e só consigo me orgulhar em saber que passei por tantos desafios na fotografia e que nada me fez desistir, pelo contrário, todas essas dificuldades me fizeram crescer e valorizar cada conquista que eu tenho hoje. A evolução que desejamos nunca irá acontecer num passe de mágica, ela é o fruto da nossa dedicação, da nossa visão de futuro e de muito estudo e trabalho duro.


Então, nunca olhe para um ponto a melhorar como um erro, visualize como um caminho de crescimento e invista sua dedicação em conquistar seu próximo nível de evolução!!